Novas receitas

Não opte por claras de ovo todas as vezes

Não opte por claras de ovo todas as vezes

Com o enorme aumento na popularidade dos produtos de clara de ovo, as gemas estão sendo negligenciadas

Ao longo da última década, vimos muitos fatores dietéticos se tornarem demonizados, incluindo gordura saturada, colesterol, sódio e, agora, a mania mais recente, o açúcar.

Ovos inteiros ainda estão vivendo na sombra da clara do ovo, embora estejam lentamente resgatando seu nome positivo. Este estudo explica como um determinado alimento não vai resultar em colesterol alto, mas uma dieta sem controle sim.

“Os profissionais de nutrição entendem cada vez mais que o padrão geral da dieta, e não a evitação de alimentos específicos, é o mais importante para a saúde e o bem-estar”, afirma Stephen B. Kritchievsky, Ph.D., autor do estude.

Os ovos têm gorduras saudáveis ​​e uma quantidade decente de proteínas, sem falar no excesso de nutrientes que possuem. Kurtis Frank, pesquisador de nutrição e suplementos afirma: “Se você é saudável e tem uma dieta bem balanceada, os ovos estão bem e podem continuar bem, mesmo que aumentem o seu colesterol. Se você tem histórico de doenças cardíacas e não está na melhor forma, pode ser prudente evitar os ovos até que esteja mais saudável. ”


Este método infalível me ajudou a superar meu medo de caça furtiva de ovos

Embora existam muitas coisas completamente racionais a temer na cozinha, desde o trabalho com faca que deu errado até óleo de fritar voando, devo admitir que tinha um medo antigo de cozinhar que era de uma variedade muito mais boba: ovos cozidos.

Nas primeiras vezes em que tentei escaldar um ovo, seguindo o que prometia ser um método tradicional simples, acabei com um massacre de ovo escorrendo na minha frigideira & # x2014 as claras e a gema se dispersando na água fervente, tornando-a irreconhecível como um ovo em tudo, muito menos os ovos pochê pitorescos que eu & # x2019d visto no meu feed do Instagram.

O ponto crucial do meu problema era que quase todas as instruções para escaldar ovos que eu já tinha lido me diziam que era absolutamente necessário criar um turbilhão de água sinistro para colocar meu ovo, e que uma pitada de vinagre era de alguma forma essencial para esse processo precário .

ASSISTIR: Como separar os ovos com uma garrafa de água

Após meus muitos fracassos iniciais, durante anos fiquei assustado com a caça furtiva, optando por maneiras mais seguras e confiáveis ​​de preparar meu café da manhã. No entanto, eu não conseguia superar a sensação incômoda de que estava perdendo inúmeras torradas de abacate com cobertura de ovo escalfado em potencial e tigelas de grãos. Embora eu tenha experimentado o método de escaldar em lata de muffin e feito um ou dois ovos no micro-ondas, não pude deixar de lado o fato de que não fui capaz de pegar a panela perfeita para escaldar.

Então, um dia, enquanto tomava o café da manhã com um amigo & # x2019s, fui presenteado com um lindo ovo pochê perfeitamente & # x2014 para meu leve pesar. Expressei meu ciúme por ela ter claramente enfrentado o método de caça furtiva em redemoinhos. No entanto, ela me mostrou um método muito mais fácil e sem spin, que não apenas evita que seus ovos pareçam estilhaços, mas também permite a caça furtiva de vários ovos de uma vez.

Quando experimentei esse método, fiquei chocado com o quão simples e eficaz ele era & # x2014 e que aparentemente fui enganado pela mentira do redemoinho em toda a minha vida de fabricação de ovos. Embora eu não esteja sugerindo que você não pode fazer um ovo pochê fantástico em um redemoinho, eu descobri que essa opção mais simples nunca me falhou, resultando em ovos pochê perfeitamente que só parecem difíceis todas as vezes.

Comece aquecendo uma panela com água em fogo alto, verificando a água com frequência para garantir que não ferva. Embora você seja livre para adicionar um pouco de vinagre à panela, alguns afirmam que um pouco de ácido ajuda as claras a coagularem mais rapidamente, mas pessoalmente não opto por usar vinagre e descobri que meus ovos ficaram bons.

Enquanto a água esquenta, quebre o ovo em um recipiente raso, o que ajudará a facilitar uma transição mais suave para a água do que diretamente da casca. Assim que a panela atingir uma fervura suave & # x2014, tomando cuidado para não deixar a água ferver completamente & # x2014 coloque o ovo lentamente na panela, segurando a boca da tigela perto da água e deslizando o ovo cuidadosamente logo acima da superfície . Use uma colher para encurralar suavemente as claras que podem se espalhar no segundo que atingir a água de volta para o resto do ovo. Este processo pode ser repetido com vários ovos em uma panela, desde que você trabalhe rapidamente para evitar o superaquecimento da água.

Assim que o ovo estiver dentro, cubra a panela com uma tampa e desligue completamente o fogo, deixando cozinhar ininterruptamente por 3 minutos & # x2014 sem espiar. O calor residual suave e o vapor cozinham o ovo delicadamente, sem bolhas fortes (ou redemoinhos, nesse caso) para perturbar a clara. Quando seus 3 minutos acabarem, retire a tampa, use uma escumadeira para remover o ovo da água e continue maravilhando-se com a beleza de sua proteína escalfada perfeitamente que quase não exigiu nenhum trabalho.

Embora esse método pareça suspeitamente simples, eu descobri que é a maneira mais fácil e eficaz de colocar minha caça furtiva em & # x2014 e posso dizer com alegria que meu medo irracional de longa data de cozinhar ovos não existe mais.

Pronto para superar seus problemas de caça furtiva? Experimente este método & # x2014 sem trocadilhos & # x2014 e experimente alguns pratos deliciosos como ovos pochê com espinafre e nozes, ovos Benedict florentino e bulgur estufado e brócolis com ovos pochê para seu próximo brunch sem estresse.


Este método infalível me ajudou a superar meu medo de caça furtiva de ovos

Embora existam muitas coisas completamente racionais a temer na cozinha, desde o trabalho com faca que deu errado até óleo de fritar voando, devo admitir que tinha um medo antigo de cozinhar que era de uma variedade muito mais tola: ovos cozidos.

Nas primeiras vezes em que tentei escaldar um ovo, seguindo o que prometia ser um método tradicional simples, acabei com um massacre de ovo escorrendo na minha frigideira & # x2014 as claras e a gema se dispersando na água fervente, tornando-a irreconhecível como um ovo em tudo, muito menos os ovos pochê pitorescos que eu & # x2019d visto no meu feed do Instagram.

O ponto crucial do meu problema era que quase todas as instruções para escaldar ovos que eu já tinha lido me diziam que era absolutamente necessário criar um turbilhão de água sinistro para colocar meu ovo, e que uma pitada de vinagre era de alguma forma essencial para esse processo precário .

ASSISTIR: Como separar os ovos com uma garrafa de água

Depois de muitos fracassos iniciais, fiquei anos com medo de caçar furtivamente, optando por maneiras mais seguras e confiáveis ​​de preparar meu café da manhã. No entanto, eu não conseguia superar a sensação incômoda de que estava perdendo inúmeras torradas de abacate com cobertura de ovo escalfado em potencial e tigelas de grãos. Embora eu tenha experimentado o método de escaldar em lata de muffin e feito um ou dois ovos no micro-ondas, não pude deixar de lado o fato de que não fui capaz de pegar a panela perfeita para escaldar.

Então, um dia, enquanto tomava café da manhã com um amigo & # x2019s, fui presenteado com um lindo ovo pochê perfeitamente & # x2014 para meu leve pesar. Expressei meu ciúme por ela ter claramente enfrentado o método de caça furtiva em redemoinhos. No entanto, ela me mostrou um método muito mais fácil e sem spin, que não apenas evita que seus ovos pareçam estilhaços, mas também permite a caça furtiva de vários ovos de uma vez.

Quando experimentei esse método, fiquei chocado com o quão simples e eficaz ele era & # x2014 e que aparentemente fui enganado pela mentira do redemoinho em toda a minha vida de fabricação de ovos. Embora eu não esteja sugerindo que você não pode fazer um ovo pochê fantástico em um redemoinho, eu descobri que essa opção mais simples nunca me falhou, resultando em ovos pochê perfeitamente que só parecem difíceis todas as vezes.

Comece aquecendo uma panela com água em fogo alto, verificando a água com frequência para garantir que não ferva. Embora você seja livre para adicionar um pouco de vinagre à panela, alguns afirmam que um pouco de ácido ajuda as claras a coagularem mais rapidamente, mas pessoalmente não opto por usar vinagre e descobri que meus ovos ficaram bons.

Enquanto a água esquenta, quebre o ovo em um recipiente raso, o que ajudará a facilitar uma transição mais suave para a água do que diretamente da casca. Assim que a panela atingir uma fervura suave & # x2014, tomando cuidado para não deixar a água ferver completamente & # x2014 coloque o ovo lentamente na panela, segurando a boca da tigela perto da água e deslizando o ovo cuidadosamente logo acima da superfície . Use uma colher para encurralar suavemente as claras que podem se espalhar no segundo que atingir a água de volta para o resto do ovo. Este processo pode ser repetido com vários ovos em uma panela, desde que você trabalhe rapidamente para evitar o superaquecimento da água.

Assim que o ovo estiver dentro, cubra a panela com uma tampa e desligue completamente o fogo, deixando cozinhar ininterruptamente por 3 minutos & # x2014 sem espiar. O calor residual suave e o vapor cozinham o ovo delicadamente, sem bolhas fortes (ou redemoinhos, nesse caso) para perturbar a clara. Quando seus 3 minutos acabarem, retire a tampa, use uma escumadeira para remover o ovo da água e continue maravilhando-se com a beleza de sua proteína escalfada perfeitamente que quase não exigiu nenhum trabalho.

Embora esse método pareça suspeitamente simples, eu descobri que é a maneira mais fácil e eficaz de fazer minha caça furtiva & # x2014 e posso dizer com alegria que meu medo irracional de longa data de cozinhar ovos não existe mais.

Pronto para superar seus problemas de caça furtiva? Experimente este método & # x2014 sem trocadilhos & # x2014 e experimente alguns pratos deliciosos como ovos pochê com espinafre e nozes, ovos Benedict florentino e bulgur estufado e brócolis com ovos pochê para seu próximo brunch sem estresse.


Este método infalível me ajudou a superar meu medo de caça furtiva de ovos

Embora existam muitas coisas completamente racionais a temer na cozinha, desde o trabalho com faca que deu errado até óleo de fritar voando, devo admitir que tinha um medo antigo de cozinhar que era de uma variedade muito mais tola: ovos cozidos.

Nas primeiras vezes em que tentei escaldar um ovo, seguindo o que prometia ser um método tradicional simples, acabei com um massacre de ovo escorrendo na minha frigideira & # x2014 as claras e a gema se dispersando na água fervente, tornando-a irreconhecível como um ovo em tudo, muito menos os ovos pochê pitorescos que eu & # x2019d visto no meu feed do Instagram.

O cerne do meu problema era que quase todas as instruções para escaldar ovos que eu já tinha lido me diziam que era absolutamente necessário criar um turbilhão de água sinistro para colocar meu ovo, e que uma pitada de vinagre era de alguma forma essencial para esse processo precário .

ASSISTIR: Como separar os ovos com uma garrafa de água

Depois de muitos fracassos iniciais, fiquei anos com medo de caçar furtivamente, optando por maneiras mais seguras e confiáveis ​​de preparar meu café da manhã. No entanto, eu não conseguia superar a sensação incômoda de que estava perdendo inúmeras torradas de abacate com cobertura de ovo escalfado em potencial e tigelas de grãos. Embora eu tenha experimentado o método de escaldar em lata de muffin e feito um ou dois ovos no micro-ondas, não consegui deixar de lado o fato de que não era capaz de pegar a panela perfeita para escaldar.

Então, um dia, enquanto tomava café da manhã com um amigo & # x2019s, fui presenteado com um lindo ovo pochê perfeitamente & # x2014 para meu leve pesar. Expressei meu ciúme por ela ter claramente abordado o método de caça furtiva em redemoinhos. No entanto, ela me mostrou um método muito mais fácil, sem spin, que não apenas evita que seus ovos pareçam estilhaços, mas também permite a caça furtiva de vários ovos de uma vez.

Quando experimentei esse método, fiquei chocado com o quão simples e eficaz ele era & # x2014 e que aparentemente fui enganado pela mentira do redemoinho em toda a minha vida de fabricação de ovos. Embora eu não esteja sugerindo que você não pode fazer um ovo pochê fantástico em um redemoinho, eu descobri que essa opção mais simples nunca me falhou, resultando em ovos pochê perfeitamente que só parecem difíceis todas as vezes.

Comece aquecendo uma panela com água em fogo alto, verificando a água com frequência para garantir que não ferva. Embora você seja livre para adicionar um pouco de vinagre à panela, alguns afirmam que um pouco de ácido ajuda as claras a coagularem mais rapidamente, mas pessoalmente não opto por usar vinagre e descobri que meus ovos ficaram bons.

Enquanto a água esquenta, quebre o ovo em um recipiente raso, o que ajudará a facilitar uma transição mais suave para a água do que diretamente da casca. Assim que a panela atingir uma fervura suave & # x2014, tomando cuidado para não deixar a água ferver completamente & # x2014 coloque o ovo lentamente na panela, segurando a boca da tigela perto da água e deslizando o ovo cuidadosamente logo acima da superfície . Use uma colher para encurralar suavemente as claras que podem se espalhar no segundo que atingir a água de volta para o resto do ovo. Este processo pode ser repetido com vários ovos em uma panela, desde que você trabalhe rapidamente para evitar o superaquecimento da água.

Assim que o ovo estiver dentro, cubra a panela com uma tampa e desligue completamente o fogo, deixando cozinhar ininterruptamente por 3 minutos & # x2014 sem espiar. O calor residual suave e o vapor cozinham o ovo delicadamente, sem bolhas fortes (ou redemoinhos, nesse caso) para perturbar a clara. Quando seus 3 minutos acabarem, retire a tampa, use uma escumadeira para remover o ovo da água e continue maravilhando-se com a beleza de sua proteína escalfada perfeitamente que quase não exigiu nenhum trabalho.

Embora esse método pareça suspeitamente simples, eu descobri que é a maneira mais fácil e eficaz de colocar minha caça furtiva em & # x2014 e posso dizer com alegria que meu medo irracional de longa data de cozinhar ovos não existe mais.

Pronto para superar seus problemas de caça furtiva? Experimente este método & # x2014 sem trocadilhos & # x2014 e experimente alguns pratos deliciosos como ovos pochê com espinafre e nozes, ovos Benedict florentino e bulgur estufado e brócolis com ovos pochê para seu próximo brunch sem estresse.


Este método infalível me ajudou a superar meu medo de caça furtiva de ovos

Embora existam muitas coisas completamente racionais a temer na cozinha, desde o trabalho com faca que deu errado até óleo de fritar voando, devo admitir que tinha um medo antigo de cozinhar que era de uma variedade muito mais tola: ovos cozidos.

Nas primeiras vezes em que tentei escaldar um ovo, seguindo o que prometia ser um método tradicional simples, acabei com um massacre de ovo escorrendo na minha frigideira & # x2014 as claras e a gema se dispersando na água fervente, tornando-a irreconhecível como um ovo em tudo, muito menos os ovos pochê pitorescos que eu & # x2019d visto no meu feed do Instagram.

O cerne do meu problema era que quase todas as instruções para escaldar ovos que eu já tinha lido me diziam que era absolutamente necessário criar um turbilhão de água sinistro para colocar meu ovo, e que uma pitada de vinagre era de alguma forma essencial para esse processo precário .

ASSISTIR: Como separar os ovos com uma garrafa de água

Após meus muitos fracassos iniciais, durante anos fiquei assustado com a caça furtiva, optando por maneiras mais seguras e confiáveis ​​de preparar meu café da manhã. No entanto, eu não conseguia superar a sensação incômoda de que estava perdendo inúmeras torradas de abacate com cobertura de ovo escalfado em potencial e tigelas de grãos. Embora eu tenha experimentado o método de escaldar em lata de muffin e feito um ou dois ovos no micro-ondas, não consegui deixar de lado o fato de que não era capaz de pegar a panela perfeita para escaldar.

Então, um dia, enquanto tomava o café da manhã com um amigo & # x2019s, fui presenteado com um lindo ovo pochê perfeitamente & # x2014 para meu leve pesar. Expressei meu ciúme por ela ter claramente enfrentado o método de caça furtiva em redemoinhos. No entanto, ela me mostrou um método muito mais fácil e sem spin, que não apenas evita que seus ovos pareçam estilhaços, mas também permite a caça furtiva de vários ovos de uma vez.

Quando experimentei esse método, fiquei chocado com o quão simples e eficaz ele era & # x2014 e que aparentemente fui enganado pela mentira do redemoinho em toda a minha vida de fabricação de ovos. Embora eu não esteja sugerindo que você não pode fazer um ovo pochê fantástico em um redemoinho, eu descobri que essa opção mais simples nunca me falhou, resultando em ovos pochê perfeitamente que só parecem difíceis todas as vezes.

Comece aquecendo uma panela com água em fogo alto, verificando a água com frequência para garantir que não ferva. Embora você seja livre para adicionar um pouco de vinagre à panela, alguns afirmam que um pouco de ácido ajuda as claras a coagularem mais rapidamente, mas pessoalmente não opto por usar vinagre e descobri que meus ovos ficaram bons.

Enquanto a água esquenta, quebre o ovo em um recipiente raso, o que ajudará a facilitar uma transição mais suave para a água do que diretamente da casca. Assim que a panela atingir uma fervura suave & # x2014, tomando cuidado para não deixar a água ferver completamente & # x2014 coloque o ovo lentamente na panela, segurando a boca da tigela perto da água e deslizando o ovo cuidadosamente logo acima da superfície . Use uma colher para encurralar suavemente as claras que podem se espalhar no segundo que atingir a água de volta para o resto do ovo. Este processo pode ser repetido com vários ovos em uma panela, desde que você trabalhe rapidamente para evitar o superaquecimento da água.

Assim que o ovo estiver dentro, cubra a panela com uma tampa e desligue completamente o fogo, deixando cozinhar ininterruptamente por 3 minutos & # x2014 sem espiar. O calor residual suave e o vapor cozinham o ovo delicadamente, sem bolhas fortes (ou redemoinhos, nesse caso) para perturbar a clara. Quando seus 3 minutos acabarem, retire a tampa, use uma escumadeira para remover o ovo da água e continue maravilhando-se com a beleza de sua proteína escalfada perfeitamente que quase não exigiu nenhum trabalho.

Embora esse método pareça suspeitamente simples, eu descobri que é a maneira mais fácil e eficaz de colocar minha caça furtiva em & # x2014 e posso dizer com alegria que meu medo irracional de longa data de cozinhar ovos não existe mais.

Pronto para superar seus problemas de caça furtiva? Experimente este método & # x2014 sem trocadilhos & # x2014 e experimente alguns pratos deliciosos como ovos pochê com espinafre e nozes, ovos Benedict florentino e bulgur estufado e brócolis com ovos pochê para seu próximo brunch sem estresse.


Este método infalível me ajudou a superar meu medo de caça furtiva de ovos

Embora existam muitas coisas completamente racionais a temer na cozinha, desde o trabalho com faca que deu errado até óleo de fritar voando, devo admitir que tinha um medo antigo de cozinhar que era de uma variedade muito mais tola: ovos cozidos.

Nas primeiras vezes em que tentei escaldar um ovo, seguindo o que prometia ser um método tradicional simples, acabei com um massacre de ovo escorrendo na minha frigideira & # x2014 as claras e a gema se dispersando na água fervente, tornando-a irreconhecível como um ovo em tudo, muito menos os ovos pochê pitorescos que eu & # x2019d visto no meu feed do Instagram.

O ponto crucial do meu problema era que quase todas as instruções para escaldar ovos que eu já tinha lido me diziam que era absolutamente necessário criar um turbilhão de água sinistro para colocar meu ovo, e que uma pitada de vinagre era de alguma forma essencial para esse processo precário .

ASSISTIR: Como separar os ovos com uma garrafa de água

Depois de muitos fracassos iniciais, fiquei anos com medo de caçar furtivamente, optando por maneiras mais seguras e confiáveis ​​de preparar meu café da manhã. No entanto, eu não conseguia superar a sensação incômoda de que estava perdendo inúmeras torradas de abacate com cobertura de ovo escalfado em potencial e tigelas de grãos. Embora eu tenha experimentado o método de escaldar em lata de muffin e feito um ou dois ovos no micro-ondas, não pude deixar de lado o fato de que não fui capaz de pegar a panela perfeita para escaldar.

Então, um dia, enquanto tomava o café da manhã com um amigo & # x2019s, fui presenteado com um lindo ovo pochê perfeitamente & # x2014 para meu leve pesar. Expressei meu ciúme por ela ter claramente enfrentado o método de caça furtiva em redemoinhos. No entanto, ela me mostrou um método muito mais fácil e sem spin, que não apenas evita que seus ovos pareçam estilhaços, mas também permite a caça furtiva de vários ovos de uma vez.

Quando experimentei esse método, fiquei chocado com o quão simples e eficaz ele era & # x2014 e que aparentemente fui enganado pela mentira do redemoinho em toda a minha vida de fabricação de ovos. Embora eu não esteja sugerindo que você não pode fazer um ovo pochê fantástico em um redemoinho, eu descobri que essa opção mais simples nunca me falhou, resultando em ovos pochê perfeitamente que só parecem difíceis todas as vezes.

Comece aquecendo uma panela com água em fogo alto, verificando a água com frequência para garantir que não ferva. Embora você seja livre para adicionar um pouco de vinagre à panela, alguns afirmam que um pouco de ácido ajuda as claras a coagularem mais rapidamente, mas pessoalmente não opto por usar vinagre e descobri que meus ovos ficaram bons.

Enquanto a água esquenta, quebre o ovo em um recipiente raso, o que ajudará a facilitar uma transição mais suave para a água do que diretamente da casca. Assim que a panela atingir uma fervura suave & # x2014, tomando cuidado para não deixar a água ferver completamente & # x2014 coloque o ovo lentamente na panela, segurando a boca da tigela perto da água e deslizando o ovo cuidadosamente logo acima da superfície . Use uma colher para encurralar suavemente as claras que podem se espalhar no segundo que atingir a água de volta para o resto do ovo. Este processo pode ser repetido com vários ovos em uma panela, desde que você trabalhe rapidamente para evitar o superaquecimento da água.

Assim que o ovo estiver dentro, cubra a panela com uma tampa e desligue completamente o fogo, deixando cozinhar ininterruptamente por 3 minutos & # x2014 sem espiar. O calor residual suave e o vapor cozinham o ovo delicadamente, sem bolhas fortes (ou redemoinhos, nesse caso) para perturbar a clara. Quando seus 3 minutos acabarem, remova a tampa, use uma escumadeira para remover o ovo da água e continue maravilhando-se com a beleza de sua proteína escalfada perfeitamente que quase não exigiu nenhum trabalho.

Embora esse método pareça suspeitamente simples, eu descobri que é a maneira mais fácil e eficaz de colocar minha caça furtiva em & # x2014 e posso dizer com alegria que meu medo irracional de longa data de cozinhar ovos não existe mais.

Pronto para superar seus problemas de caça furtiva? Experimente este método & # x2014 sem trocadilhos & # x2014 e experimente alguns pratos deliciosos como ovos pochê com espinafre e nozes, ovos Benedict florentino e bulgur estufado e brócolis com ovos pochê para seu próximo brunch sem estresse.


Este método infalível me ajudou a superar meu medo de caça furtiva de ovos

Embora existam muitas coisas completamente racionais a temer na cozinha, desde o trabalho com faca que deu errado até óleo de fritar voando, devo admitir que tinha um medo antigo de cozinhar que era de uma variedade muito mais boba: ovos cozidos.

Nas primeiras vezes em que tentei escaldar um ovo, seguindo o que prometia ser um método tradicional simples, acabei com um massacre de ovo escorrendo na minha frigideira & # x2014 as claras e a gema se dispersando na água fervente, tornando-a irreconhecível como um ovo em tudo, muito menos os ovos pochê pitorescos que eu & # x2019d visto no meu feed do Instagram.

O cerne do meu problema era que quase todas as instruções para escaldar ovos que eu já tinha lido me diziam que era absolutamente necessário criar um turbilhão de água sinistro para colocar meu ovo, e que uma pitada de vinagre era de alguma forma essencial para esse processo precário .

ASSISTIR: Como separar os ovos com uma garrafa de água

Após meus muitos fracassos iniciais, durante anos fiquei assustado com a caça furtiva, optando por maneiras mais seguras e confiáveis ​​de preparar meu café da manhã. No entanto, eu não conseguia superar a sensação incômoda de que estava perdendo inúmeras torradas de abacate com cobertura de ovo escalfado em potencial e tigelas de grãos. Embora eu tenha experimentado o método de escaldar em lata de muffin e feito um ou dois ovos no micro-ondas, não consegui deixar de lado o fato de que não era capaz de pegar a panela perfeita para escaldar.

Então, um dia, enquanto tomava café da manhã com um amigo & # x2019s, fui presenteado com um lindo ovo pochê perfeitamente & # x2014 para meu leve pesar. Expressei meu ciúme por ela ter claramente enfrentado o método de caça furtiva em redemoinhos. No entanto, ela me mostrou um método muito mais fácil, sem spin, que não apenas evita que seus ovos pareçam estilhaços, mas também permite a caça furtiva de vários ovos de uma vez.

Quando experimentei esse método, fiquei chocado com o quão simples e eficaz ele era & # x2014 e que aparentemente fui enganado pela mentira do redemoinho em toda a minha vida de fabricação de ovos. Embora eu não esteja sugerindo que você não pode fazer um ovo pochê fantástico em um redemoinho, eu descobri que essa opção mais simples nunca me falhou, resultando em ovos pochê perfeitamente que só parecem difíceis todas as vezes.

Comece aquecendo uma panela com água em fogo alto, verificando a água com frequência para garantir que não ferva. Embora você seja livre para adicionar um pouco de vinagre à panela, alguns afirmam que um pouco de ácido ajuda as claras a coagularem mais rapidamente, mas pessoalmente não opto por usar vinagre e descobri que meus ovos ficaram bons.

Enquanto a água esquenta, quebre o ovo em um recipiente raso, o que ajudará a facilitar uma transição mais suave para a água do que diretamente da casca. Assim que a panela atingir uma fervura suave & # x2014, tomando cuidado para não deixar a água ferver completamente & # x2014 coloque o ovo lentamente na panela, segurando a boca da tigela perto da água e deslizando o ovo cuidadosamente logo acima da superfície . Use uma colher para encurralar suavemente as claras que podem se espalhar no segundo que atingir a água de volta para o resto do ovo. Este processo pode ser repetido com vários ovos em uma panela, desde que você trabalhe rapidamente para evitar o superaquecimento da água.

Assim que o ovo estiver dentro, cubra a panela com uma tampa e desligue completamente o fogo, deixando cozinhar ininterruptamente por 3 minutos & # x2014 sem espiar. O calor residual suave e o vapor cozinham o ovo delicadamente, sem bolhas fortes (ou redemoinhos, nesse caso) para perturbar a clara. Quando seus 3 minutos acabarem, retire a tampa, use uma escumadeira para remover o ovo da água e continue maravilhando-se com a beleza de sua proteína escalfada perfeitamente que quase não exigiu nenhum trabalho.

Embora esse método pareça suspeitamente simples, eu descobri que é a maneira mais fácil e eficaz de fazer minha caça furtiva & # x2014 e posso dizer com alegria que meu medo irracional de longa data de cozinhar ovos não existe mais.

Pronto para superar seus problemas de caça furtiva? Experimente este método & # x2014 sem trocadilhos & # x2014 e experimente alguns pratos deliciosos como ovos pochê com espinafre e nozes, ovos Benedict florentino e bulgur estufado e brócolis com ovos pochê para seu próximo brunch sem estresse.


Este método infalível me ajudou a superar meu medo de caça furtiva de ovos

Embora existam muitas coisas completamente racionais a temer na cozinha, desde o trabalho com faca que deu errado até óleo de fritar voando, devo admitir que tinha um medo antigo de cozinhar que era de uma variedade muito mais tola: ovos cozidos.

Nas primeiras vezes em que tentei escaldar um ovo, seguindo o que prometia ser um método tradicional simples, acabei com um massacre de ovo escorrendo na minha frigideira & # x2014 as claras e a gema se dispersando na água fervente, tornando-a irreconhecível como um ovo em tudo, muito menos os pitorescos ovos pochê que eu & # x2019d visto no meu feed do Instagram.

O cerne do meu problema era que quase todas as instruções para escaldar ovos que eu já tinha lido me diziam que era absolutamente necessário criar um turbilhão de água sinistro para colocar meu ovo, e que uma pitada de vinagre era de alguma forma essencial para esse processo precário .

ASSISTIR: Como separar os ovos com uma garrafa de água

Depois de muitos fracassos iniciais, fiquei anos com medo de caçar furtivamente, optando por maneiras mais seguras e confiáveis ​​de preparar meu café da manhã. No entanto, eu não conseguia superar a sensação incômoda de que estava perdendo inúmeras torradas de abacate com cobertura de ovo escalfado em potencial e tigelas de grãos. Embora eu tenha experimentado o método de escaldar em lata de muffin e feito um ou dois ovos no micro-ondas, não pude deixar de lado o fato de que não fui capaz de pegar a panela perfeita para escaldar.

Então, um dia, enquanto tomava café da manhã com um amigo & # x2019s, fui presenteado com um lindo ovo pochê perfeitamente & # x2014 para meu leve pesar. Expressei meu ciúme por ela ter claramente enfrentado o método de caça furtiva em redemoinhos. No entanto, ela me mostrou um método muito mais fácil e sem spin, que não apenas evita que seus ovos pareçam estilhaços, mas também permite a caça furtiva de vários ovos de uma vez.

Quando experimentei esse método, fiquei chocado com o quão simples e eficaz ele era & # x2014 e que aparentemente fui enganado pela mentira do redemoinho em toda a minha vida de fabricação de ovos. Embora eu não esteja sugerindo que você não possa fazer um ovo pochê fantástico em um redemoinho, eu descobri que essa opção mais simples nunca me falhou, resultando em ovos pochê perfeitamente que só parecem difíceis todas as vezes.

Comece aquecendo uma panela com água em fogo alto, verificando a água com frequência para garantir que não ferva. Embora você seja livre para adicionar um pouco de vinagre à panela, alguns afirmam que um pouco de ácido ajuda as claras a coagularem mais rapidamente, mas pessoalmente não opto por usar vinagre e descobri que meus ovos ficaram bons.

Enquanto a água esquenta, quebre o ovo em um recipiente raso, o que ajudará a facilitar uma transição mais suave para a água do que diretamente da casca. Assim que a panela atingir uma fervura suave & # x2014, tomando cuidado para não deixar a água ferver completamente & # x2014 coloque o ovo lentamente na panela, segurando a boca da tigela perto da água e deslizando o ovo cuidadosamente logo acima da superfície . Use uma colher para encurralar suavemente as claras que podem se espalhar no segundo que atingir a água de volta para o resto do ovo. Este processo pode ser repetido com vários ovos em uma panela, desde que você trabalhe rapidamente para evitar o superaquecimento da água.

Assim que o ovo estiver dentro, cubra a panela com uma tampa e desligue completamente o fogo, deixando cozinhar ininterruptamente por 3 minutos & # x2014 sem espiar. O calor residual suave e o vapor cozinham o ovo delicadamente, sem bolhas fortes (ou redemoinhos, nesse caso) para perturbar a clara. Quando seus 3 minutos acabarem, remova a tampa, use uma escumadeira para remover o ovo da água e continue maravilhando-se com a beleza de sua proteína escalfada perfeitamente que quase não exigiu nenhum trabalho.

Embora esse método pareça suspeitamente simples, eu descobri que é a maneira mais fácil e eficaz de colocar minha caça furtiva em & # x2014 e posso dizer com alegria que meu medo irracional de longa data de cozinhar ovos não existe mais.

Pronto para superar seus problemas de caça furtiva? Give this method a whirl—no pun intended𠅊nd tackle some delectable dishes like Poached Eggs with Spinach and Walnuts, Eggs Benedict Florentine, and Stewed Bulgur and Broccoli Rabe with Poached Eggs for your next stress-free brunch spread.


This Foolproof Method Helped Me Get Over My Fear of Poaching Eggs

While there’s plenty of completely rational things to be fearful of in the kitchen, from knife work gone wrong to flying frying oil, I must admit I had a long-held cooking fear that was of a much sillier variety: poaching eggs.

The first handful of times I tried poaching an egg, following what promised to be a simple traditional method, I ended up with a runny egg massacre in my pan—the whites and yolk dispersing into the spinning boiling water, making it unrecognizable as an egg at all, much less the picturesque poached eggs I𠆝 seen in my Instagram feed.

The crux of my problem was that nearly all of the egg poaching instructions I had ever read told me it was absolutely necessary to create an ominous whirlpool of water to plop my egg into, and that a dash of vinegar was somehow essential to this precarious process.

ASSISTIR: How to Separate Eggs With a Water Bottle

After my many early failures, I was scared away from poaching for years, opting for safer and more dependable ways of preparing my breakfast. However, I couldn’t get over the nagging sense that I was missing out on countless potential poached egg-topped avocado toasts and grain bowls. Though I gave the muffin tin poaching method a go and made an egg or two in the microwave, I couldn’t let go of the fact that I wasn’t able to get a grasp on the perfect pan poach.

Then, one day while having breakfast at a friend’s, I was presented with a pretty, perfectly poached egg—to my slight chagrin. I expressed my jealousy that she had clearly tackled the whirlpool poaching method. However, she let me in on a much easier, spin-free method that not only keeps your eggs from looking like shrapnel, but also allows for the poaching of multiple eggs at a time.

When I gave this method a go, I was shocked by how simple and effective it was𠅊nd that I had been seemingly misled by the lie of the whirlpool my entire egg-making life. While I’m not suggesting you can’t make a fantastic poached egg in a whirlpool, I’ve found that this simpler option has never failed me, resulting in perfectly poached eggs that only look difficult every time.

Start by heating a pot of water over high heat, checking the water frequently to make sure it doesn’t reach a boil. While you are free to add a dash of vinegar to the pot—some claim that a little bit of acid helps the whites coagulate more quickly—I personally don’t opt to use vinegar and find that my eggs turn out just fine.

While the water heats, crack your egg into a shallow container, which will help facilitate a smoother transition into the water than directly from the shell. Once the pot has reached just a gentle simmer�ing careful to not let the water reach a full boil—slip your egg slowly into the pot by holding the mouth of the bowl closely to the water and sliding the egg out carefully just above the surface. Use a spoon to gently corral any whites that might stray the second it hits the water back towards the rest of the egg. This process can be repeated with multiple eggs in one pot, as long as you work quickly to avoid the water overheating.

Once the egg is in, cover the pot with a lid and completely turn off the heat, letting it cook uninterrupted for 3 minutes—no peeking. The gentle residual heat and steam cooks the egg delicately, with no harsh bubbles (or whirlpools for that matter) to disturb the white. Once your 3 minutes are up, remove the lid, use a slotted spoon to remove the egg from the water, and proceed to marvel at the beauty of your perfectly poached protein that required hardly any work at all.

While this method seems almost suspiciously simple, I’ve found it to be the easiest and most effective way to get my poach on𠅊nd I can happily say my longtime irrational fear of poaching eggs is no more.

Ready to overcome your poaching woes? Give this method a whirl—no pun intended𠅊nd tackle some delectable dishes like Poached Eggs with Spinach and Walnuts, Eggs Benedict Florentine, and Stewed Bulgur and Broccoli Rabe with Poached Eggs for your next stress-free brunch spread.


This Foolproof Method Helped Me Get Over My Fear of Poaching Eggs

While there’s plenty of completely rational things to be fearful of in the kitchen, from knife work gone wrong to flying frying oil, I must admit I had a long-held cooking fear that was of a much sillier variety: poaching eggs.

The first handful of times I tried poaching an egg, following what promised to be a simple traditional method, I ended up with a runny egg massacre in my pan—the whites and yolk dispersing into the spinning boiling water, making it unrecognizable as an egg at all, much less the picturesque poached eggs I𠆝 seen in my Instagram feed.

The crux of my problem was that nearly all of the egg poaching instructions I had ever read told me it was absolutely necessary to create an ominous whirlpool of water to plop my egg into, and that a dash of vinegar was somehow essential to this precarious process.

ASSISTIR: How to Separate Eggs With a Water Bottle

After my many early failures, I was scared away from poaching for years, opting for safer and more dependable ways of preparing my breakfast. However, I couldn’t get over the nagging sense that I was missing out on countless potential poached egg-topped avocado toasts and grain bowls. Though I gave the muffin tin poaching method a go and made an egg or two in the microwave, I couldn’t let go of the fact that I wasn’t able to get a grasp on the perfect pan poach.

Then, one day while having breakfast at a friend’s, I was presented with a pretty, perfectly poached egg—to my slight chagrin. I expressed my jealousy that she had clearly tackled the whirlpool poaching method. However, she let me in on a much easier, spin-free method that not only keeps your eggs from looking like shrapnel, but also allows for the poaching of multiple eggs at a time.

When I gave this method a go, I was shocked by how simple and effective it was𠅊nd that I had been seemingly misled by the lie of the whirlpool my entire egg-making life. While I’m not suggesting you can’t make a fantastic poached egg in a whirlpool, I’ve found that this simpler option has never failed me, resulting in perfectly poached eggs that only look difficult every time.

Start by heating a pot of water over high heat, checking the water frequently to make sure it doesn’t reach a boil. While you are free to add a dash of vinegar to the pot—some claim that a little bit of acid helps the whites coagulate more quickly—I personally don’t opt to use vinegar and find that my eggs turn out just fine.

While the water heats, crack your egg into a shallow container, which will help facilitate a smoother transition into the water than directly from the shell. Once the pot has reached just a gentle simmer�ing careful to not let the water reach a full boil—slip your egg slowly into the pot by holding the mouth of the bowl closely to the water and sliding the egg out carefully just above the surface. Use a spoon to gently corral any whites that might stray the second it hits the water back towards the rest of the egg. This process can be repeated with multiple eggs in one pot, as long as you work quickly to avoid the water overheating.

Once the egg is in, cover the pot with a lid and completely turn off the heat, letting it cook uninterrupted for 3 minutes—no peeking. The gentle residual heat and steam cooks the egg delicately, with no harsh bubbles (or whirlpools for that matter) to disturb the white. Once your 3 minutes are up, remove the lid, use a slotted spoon to remove the egg from the water, and proceed to marvel at the beauty of your perfectly poached protein that required hardly any work at all.

While this method seems almost suspiciously simple, I’ve found it to be the easiest and most effective way to get my poach on𠅊nd I can happily say my longtime irrational fear of poaching eggs is no more.

Ready to overcome your poaching woes? Give this method a whirl—no pun intended𠅊nd tackle some delectable dishes like Poached Eggs with Spinach and Walnuts, Eggs Benedict Florentine, and Stewed Bulgur and Broccoli Rabe with Poached Eggs for your next stress-free brunch spread.


This Foolproof Method Helped Me Get Over My Fear of Poaching Eggs

While there’s plenty of completely rational things to be fearful of in the kitchen, from knife work gone wrong to flying frying oil, I must admit I had a long-held cooking fear that was of a much sillier variety: poaching eggs.

The first handful of times I tried poaching an egg, following what promised to be a simple traditional method, I ended up with a runny egg massacre in my pan—the whites and yolk dispersing into the spinning boiling water, making it unrecognizable as an egg at all, much less the picturesque poached eggs I𠆝 seen in my Instagram feed.

The crux of my problem was that nearly all of the egg poaching instructions I had ever read told me it was absolutely necessary to create an ominous whirlpool of water to plop my egg into, and that a dash of vinegar was somehow essential to this precarious process.

ASSISTIR: How to Separate Eggs With a Water Bottle

After my many early failures, I was scared away from poaching for years, opting for safer and more dependable ways of preparing my breakfast. However, I couldn’t get over the nagging sense that I was missing out on countless potential poached egg-topped avocado toasts and grain bowls. Though I gave the muffin tin poaching method a go and made an egg or two in the microwave, I couldn’t let go of the fact that I wasn’t able to get a grasp on the perfect pan poach.

Then, one day while having breakfast at a friend’s, I was presented with a pretty, perfectly poached egg—to my slight chagrin. I expressed my jealousy that she had clearly tackled the whirlpool poaching method. However, she let me in on a much easier, spin-free method that not only keeps your eggs from looking like shrapnel, but also allows for the poaching of multiple eggs at a time.

When I gave this method a go, I was shocked by how simple and effective it was𠅊nd that I had been seemingly misled by the lie of the whirlpool my entire egg-making life. While I’m not suggesting you can’t make a fantastic poached egg in a whirlpool, I’ve found that this simpler option has never failed me, resulting in perfectly poached eggs that only look difficult every time.

Start by heating a pot of water over high heat, checking the water frequently to make sure it doesn’t reach a boil. While you are free to add a dash of vinegar to the pot—some claim that a little bit of acid helps the whites coagulate more quickly—I personally don’t opt to use vinegar and find that my eggs turn out just fine.

While the water heats, crack your egg into a shallow container, which will help facilitate a smoother transition into the water than directly from the shell. Once the pot has reached just a gentle simmer�ing careful to not let the water reach a full boil—slip your egg slowly into the pot by holding the mouth of the bowl closely to the water and sliding the egg out carefully just above the surface. Use a spoon to gently corral any whites that might stray the second it hits the water back towards the rest of the egg. This process can be repeated with multiple eggs in one pot, as long as you work quickly to avoid the water overheating.

Once the egg is in, cover the pot with a lid and completely turn off the heat, letting it cook uninterrupted for 3 minutes—no peeking. The gentle residual heat and steam cooks the egg delicately, with no harsh bubbles (or whirlpools for that matter) to disturb the white. Once your 3 minutes are up, remove the lid, use a slotted spoon to remove the egg from the water, and proceed to marvel at the beauty of your perfectly poached protein that required hardly any work at all.

While this method seems almost suspiciously simple, I’ve found it to be the easiest and most effective way to get my poach on𠅊nd I can happily say my longtime irrational fear of poaching eggs is no more.

Ready to overcome your poaching woes? Give this method a whirl—no pun intended𠅊nd tackle some delectable dishes like Poached Eggs with Spinach and Walnuts, Eggs Benedict Florentine, and Stewed Bulgur and Broccoli Rabe with Poached Eggs for your next stress-free brunch spread.


Assista o vídeo: Velg mobil yang rusak (Setembro 2021).