Novas receitas

Além da compota de maçã: alimentos para bebês ao redor do mundo (apresentação de slides)

Além da compota de maçã: alimentos para bebês ao redor do mundo (apresentação de slides)

Do Quênia à Suécia, aqui estão os diferentes tipos de alimentos que diferentes pessoas ao redor do mundo alimentam seus bebês

Além da compota de maçã: alimentos para bebês em todo o mundo

Do Quênia à Suécia, aqui estão os diferentes tipos de alimentos que diferentes pessoas ao redor do mundo dão aos seus bebês. (Foto modificada: Flickr/phillipe put)

Nova Zelândia

Hermera / thinkstock

Dada a história Maori da Nova Zelândia, um tipo popular de comida é o prato Maori kumara, que é um purê de batata doce. Os pais na Nova Zelândia costumam alimentar seus filhos com kumara como primeiro alimento, com purês de maçã, abóbora e banana como outra escolha popular.

Nigéria

Em Países da África Ocidental, os bebês são freqüentemente amamentados até os 3 a 4 meses de idade e geralmente são alimentados com mingaus que varia de acordo com o nome do país. Na Nigéria, por exemplo, os bebês são alimentados com ogi, que é um prato feito de milho. (Foto modificada: flickr/toshiyuki IMAI)

República Dominicana

Na República Dominicana, os bebês começam seus primeiros alimentos sólidos entre seis e sete meses. Começam comendo um alimento chamado crema de habichuelas, que é uma mistura doce de feijão preto e purê de feijão. (Foto: Flickr/YoAmes)

Filipinas

Nas Filipinas, os bebês começam comendo lugaw, que é o nome de congee no idioma local do tagalo. Lugaw é um mingau de arroz que foi cozido em um caldo aromatizado com caldo de galinha e contém pedaços de gengibre, cebola e alho. (Foto modificada: Flickr/john herschell)

Quênia

iStock / Thinkstock

Batata doce, conhecida localmente como ngwaci, é comumente oferecido como o primeiro alimento sólido para bebês quenianos a partir dos 6 meses de idade. Além de seu sabor doce, o vegetal de raiz amiláceo de fácil digestão contém vitamina A, que ajuda em uma série de funções metabólicas, como a visão e a manutenção do sistema imunológico.

Índia

Quando eles têm cerca de seis meses de idade, depois de se ajustarem ao cereal de arroz e arroz amassado, os bebês na Índia são apresentados a khichdi, um prato vegetariano tradicional de arroz e lentilhas e vegetais ricos em proteínas, que inclui uma variedade de sabores e especiarias como cominho, coentro, hortelã e canela. (Foto: Flickr/Devika)

Japão

No primeiro aniversário, a maioria dos pequeninos no Japão já comeu sua cota de sopa de missô. Em uma tentativa de afastar os bebês do leite materno - geralmente no 100º dia após o nascimento da criança - os pais japoneses preparam um prato popular chamado oku, um mingau de arroz geralmente coberto com peixe seco e vegetais ou purê de abóbora. (Foto: Flickr/ehdeschaine)

México

Arroz, feijão e sopas estão frequentemente no menu da festa inaugural de comida sólida de um bebê no México e na América Central. Mas os pais mexicanos também são conhecidos por apimentar as coisas borrifando pó de chile e cal em maçãs, laranjas e peras para atrair seus bebês a comer frutas. (Foto: Flickr/Josewolff)

Vietnã

iStock / thinkstock

Mingaus e caldos abundam no Vietname. Os bebês recebem sopas ricas em fibras, temperadas com molho de peixe e ossos de porco para dar sabor, que contêm camarão moído ou em fatias finas, batatas e vegetais como cenoura e abóbora. Alguns pais chegam a adicionar cereais infantis a essas misturas caseiras como uma sopa.

Suécia

Os alimentos iniciais suecos incluem purê de frutas e vegetais, mas os suecos também alimentam seus bebês Välling, um cereal à base de trigo que é semelhante à farinha de aveia e contém óleo de palma, canola e leite em pó. (Foto modificada: Flickr/Mans Sandstrom)

Jamaica

De manhã, antes de uma porção de leite, bebês de 4 meses na ilha tropical recebem indígenas frutas e combinações de frutas - como pinha, manga, banana, mamão papaia, naseberry - com uma colher de chá de mel para realçar o sabor. (Foto modificada: Flickr /farrapos)

China e Leste Asiático

iStock / thinkstock

Quando chegam aos 4 meses de idade, as crianças pequenas na China mudaram do leite materno para pratos de arroz combinados com peixe, cenoura, algas marinhas e ovos, e mingaus saudáveis ​​feitos com banana, leite e feijão verde. Outras misturas populares incluem canja de galinha e abóbora e carne de porco moída com berinjela amassada.

Tibete

A primeira incursão de um bebê tibetano no mundo da comida começa com apenas 4 dias velho, quando um pedaço de zamba - cevada, trigo, milho e ervilhas mexidos, fritos e moídos na farinha e misturados com manteiga de iaque - são colados na testa do bebê como um ritual para denotar pureza. (Foto modificada: Flickr/melanie_ko)


Durante esse tempo, você continuará a fornecer a nutrição e hidratação essenciais necessárias com o leite materno ou fórmula, enquanto também expõe seu bebê a um novo mundo de diversos sabores e nutrientes. Na verdade, este é um dos períodos mais influentes no desenvolvimento do paladar do seu bebê. Seu bebê vai tentar aceitar mais facilmente todos os tipos de alimentos nesta idade, por isso é importante oferecer uma variedade de sabores diferentes de refeição em refeição.

O plano de refeições abaixo para bebês de 6 meses, lanche e ideias de receitas irão ajudá-lo a começar a jornada divertida para alimentos sólidos, maximizando o desenvolvimento do paladar do seu bebê através de vários sabores e sabores. Confira nosso artigo Como maximizar o desenvolvimento de um sabor saudável desde os primeiros alimentos até a primeira infância.

Lembre-se de que comer alimentos sólidos nessa idade é principalmente permitir que seu bebê explore novos sabores e texturas. O leite materno ou a fórmula ainda permanecerão a principal fonte de nutrição do seu bebê durante o primeiro ano, então continue a dar leite materno e / ou fórmula da mesma forma que você fazia antes de começar com os alimentos sólidos.

Dicas profissionais para planos de refeição de bebê de 6 a 9:

Por volta dos 6 meses de idade, oferecer algumas colheres de sopa de comida 1-3 vezes ao dia é suficiente. É importante avançar a textura quando seu bebê estiver confortável. Comece com alimentos finos e puré. Em seguida, passe para alimentos amassados ​​e granulosos, seguidos por alimentos picados finamente. Além disso, introduza um novo alimento com um único ingrediente de cada vez e espere 2 a 3 dias para garantir que seu bebê seja alérgico ou intolerante a esses alimentos. Os alimentos mais frequentemente associados a alergias são leite de vaca (não recomendado antes dos 12 meses), ovos, soja, amendoim, nozes e sementes, trigo, peixe, marisco. Confira nosso artigo Apresentando os principais alérgenos alimentares.

Aos 9 meses de idade, seu bebê deve comer alimentos de todos os grupos alimentares e ser capaz de lidar com pequenos pedaços macios de salgadinhos. Confira nosso artigo Apresentando sólidos: primeiros alimentos e texturas avançadas. Preste atenção às dicas do seu bebê, divirta-se e deixe seu bebê ditar o ritmo enquanto oferece a ele alimentos saudáveis ​​que contêm nutrientes importantes para definir o padrão de padrões alimentares saudáveis. Se você tiver dúvidas sobre o avanço de texturas, entre em contato com nossa equipe de nutricionistas registradosde graça! Eles estão aqui para ajudar em nosso chat ao vivo gratuito de segunda a sexta, das 8h às 20h (EST) e de sábado a domingo, das 8h às 16h (EST).

Aqui estão algumas dicas importantes de nutrientes para você começar:

As primeiras fontes de alimento são geralmente cereais, frutas amassadas e vegetais. Embora o leite materno ou a fórmula forneça ao seu bebê todos os nutrientes importantes de que ele precisa Neste momento, tenha em mente as seguintes informações sobre alguns nutrientes essenciais, como ferro, proteína, cálcio, DHA, folato e colina, por que eles são importantes e em quais alimentos podem ser encontrados.

  • Ferro é importante para a prevenção da anemia por deficiência de ferro, que pode afetar o crescimento e o desenvolvimento se não for tratada. O ferro é um componente importante dos glóbulos vermelhos e é encontrado com mais frequência em produtos cárneos, embora também possa ser encontrado em alimentos como aveia ou cereais fortificados, purê de feijão e espinafre.
  • Cálcio é importante para a saúde óssea e dentária, coagulação do sangue, mensagens neuronais, hormônios, contração muscular (incluindo o coração!) e outros processos. Boas fontes de cálcio para seu novo comedouro incluem leite materno, fórmula infantil, folhas verdes em purê de iogurte como couve, couve e espinafre, bem como purê de feijão.
  • DHA é fundamental para o crescimento do cérebro e o desenvolvimento saudável. O DHA é uma gordura insaturada ômega 3 que pode ser encontrada em peixes oleosos (salmão, sardinha, truta arco-íris), leite materno (se você incluir alimentos ricos em DHA em sua dieta), fórmulas infantis enriquecidas e outros alimentos enriquecidos.
  • Colina é importante para o funcionamento das células e apoia a saúde do cérebro. Para o seu bebê que está apenas começando o processo de alimentação, purê de couve, espinafre, couve-flor e feijão são boas fontes de colina. Purê de espinafre e couve funcionam melhor quando combinados com alguns outros alimentos (maçãs, aveia, abacate), e então você pode introduzi-los cozidos e picados quando o bebê estiver pronto para avançar as texturas.
  • Proteína é um componente importante de nossa pele, cabelo, unhas, músculos, sangue e ossos. Embora a maioria de nós coma muita proteína, é importante oferecer alimentos ricos em proteínas. O leite materno e a fórmula são fontes de proteína por enquanto, mas para os primeiros alimentos você pode experimentar purê de carne e iogurte de frango com purê de feijão, purê de tofu e quinua. Quando pronto para avançar as texturas, o peixe escamoso cozido suavemente é uma grande fonte de proteína.

Lembre-se, enquanto seu bebê tem menos de 1 ano, o que importa é introduzir uma variedade de sabores e texturas e mantê-lo divertido!


Durante esse tempo, você continuará a fornecer a nutrição e hidratação essenciais necessárias com o leite materno ou fórmula, enquanto também expõe seu bebê a um novo mundo de diversos sabores e nutrientes. Na verdade, este é um dos períodos mais influentes no desenvolvimento do paladar do seu bebê. Seu bebê tentará e aceitará mais prontamente todos os tipos de alimentos nesta idade, por isso é importante oferecer uma variedade de sabores diferentes de refeição em refeição.

O plano de refeições abaixo para bebês de 6 meses, lanches e idéias de receitas irão ajudá-lo a começar a jornada divertida para alimentos sólidos, maximizando o desenvolvimento do paladar do seu bebê através de vários sabores e sabores. Confira nosso artigo Como maximizar o desenvolvimento de sabor saudável desde os primeiros alimentos até a primeira infância.

Lembre-se de que comer alimentos sólidos nessa idade é principalmente permitir que seu bebê explore novos sabores e texturas. O leite materno ou a fórmula ainda permanecerão a principal fonte de nutrição do seu bebê durante o primeiro ano, então continue a dar leite materno e / ou fórmula da mesma forma que você fazia antes de começar com os alimentos sólidos.

Dicas profissionais para planos de refeição de bebê de 6 a 9:

Por volta dos 6 meses de idade, oferecer algumas colheres de sopa de comida 1-3 vezes ao dia é suficiente. É importante avançar a textura quando seu bebê estiver confortável. Comece com alimentos finos e puré. Em seguida, passe para alimentos amassados ​​e granulosos, seguidos por alimentos picados finamente. Além disso, introduza um novo alimento com um único ingrediente de cada vez e espere 2 a 3 dias para garantir que seu bebê seja alérgico ou intolerante a esses alimentos. Os alimentos mais frequentemente associados a alergias são leite de vaca (não recomendado antes dos 12 meses), ovos, soja, amendoim, nozes e sementes, trigo, peixe, marisco. Confira nosso artigo Apresentando os principais alérgenos alimentares.

Aos 9 meses de idade, seu bebê deve comer alimentos de todos os grupos alimentares e ser capaz de lidar com pequenos pedaços macios de salgadinhos. Confira nosso artigo Apresentando sólidos: primeiros alimentos e avançando texturas. Preste atenção às dicas do seu bebê, divirta-se e deixe seu bebê ditar o ritmo enquanto oferece a ele alimentos saudáveis ​​que contêm nutrientes importantes para definir o padrão de padrões alimentares saudáveis. Se você tiver dúvidas sobre o avanço de texturas, entre em contato com nossa equipe de nutricionistas registradosde graça! Eles estão aqui para ajudar em nosso chat ao vivo gratuito de segunda a sexta, das 8h às 20h (EST) e de sábado a domingo, das 8h às 16h (EST).

Aqui estão algumas dicas importantes de nutrientes para você começar:

As primeiras fontes de alimento são geralmente cereais, frutas amassadas e vegetais. Embora o leite materno ou a fórmula forneça ao seu bebê todos os nutrientes importantes de que ele precisa Neste momento, tenha em mente as seguintes informações sobre alguns nutrientes essenciais, como ferro, proteína, cálcio, DHA, folato e colina, por que eles são importantes e em quais alimentos podem ser encontrados.

  • Ferro é importante para a prevenção da anemia por deficiência de ferro, que pode afetar o crescimento e o desenvolvimento se não for tratada. O ferro é um componente importante dos glóbulos vermelhos e é encontrado com mais frequência em produtos cárneos, embora também possa ser encontrado em alimentos como aveia ou cereais fortificados, purê de feijão e espinafre.
  • Cálcio é importante para a saúde óssea e dentária, coagulação do sangue, mensagens neuronais, hormônios, contração muscular (incluindo o coração!) e outros processos. Boas fontes de cálcio para o seu novo comedouro incluem leite materno, fórmula infantil, folhas verdes em purê de iogurte como couve, couve e espinafre, bem como purê de feijão.
  • DHA é fundamental para o crescimento do cérebro e o desenvolvimento saudável. O DHA é uma gordura insaturada ômega 3 que pode ser encontrada em peixes oleosos (salmão, sardinha, truta arco-íris), leite materno (se você incluir alimentos ricos em DHA em sua dieta), fórmulas infantis enriquecidas e outros alimentos enriquecidos.
  • Colina é importante para o funcionamento das células e apoia a saúde do cérebro. Para o seu bebê que está apenas começando o processo de alimentação, purê de couve, espinafre, couve-flor e feijão são boas fontes de colina. Purê de espinafre e couve funcionam melhor quando combinados com alguns outros alimentos (maçãs, aveia, abacate), e então você pode introduzi-los cozidos e picados quando o bebê estiver pronto para avançar as texturas.
  • Proteína é um componente importante de nossa pele, cabelo, unhas, músculos, sangue e ossos. Embora a maioria de nós coma muita proteína, é importante oferecer alimentos ricos em proteínas. O leite materno e a fórmula são fontes de proteína por enquanto, mas para os primeiros alimentos você pode experimentar purê de carne e iogurte de frango com purê de feijão, purê de tofu e quinua. Quando estiver pronto para avançar as texturas, o peixe em flocos cozido suavemente é uma grande fonte de proteína.

Lembre-se, enquanto seu bebê tem menos de 1 ano, o que importa é introduzir uma variedade de sabores e texturas e mantê-lo divertido!


Durante esse tempo, você continuará a fornecer a nutrição e hidratação essenciais necessárias com o leite materno ou fórmula, enquanto também expõe seu bebê a um novo mundo de diversos sabores e nutrientes. Na verdade, este é um dos períodos mais influentes no desenvolvimento do paladar do seu bebê. Seu bebê tentará e aceitará mais prontamente todos os tipos de alimentos nesta idade, por isso é importante oferecer uma variedade de sabores diferentes de refeição em refeição.

O plano de refeições abaixo para bebês de 6 meses, lanche e ideias de receitas irão ajudá-lo a começar a jornada divertida para alimentos sólidos, maximizando o desenvolvimento do paladar do seu bebê através de vários sabores e sabores. Confira nosso artigo Como maximizar o desenvolvimento de um sabor saudável desde os primeiros alimentos até a primeira infância.

Lembre-se de que comer alimentos sólidos nessa idade significa deixar o bebê explorar novos sabores e texturas. O leite materno ou a fórmula ainda permanecerão a principal fonte de nutrição do seu bebê durante o primeiro ano, então continue a dar leite materno e / ou fórmula da mesma forma que você fazia antes de começar com os alimentos sólidos.

Dicas profissionais para planos de refeição de bebê de 6 a 9:

Por volta dos 6 meses de idade, oferecer algumas colheres de sopa de comida 1-3 vezes ao dia é suficiente. É importante avançar a textura quando seu bebê estiver confortável. Comece com alimentos finos e puré. Em seguida, passe para alimentos amassados ​​e granulosos, seguidos por alimentos picados finamente. Além disso, introduza um novo alimento com um único ingrediente de cada vez e espere 2 a 3 dias para garantir que seu bebê seja alérgico ou intolerante a esses alimentos. Os alimentos mais frequentemente associados a alergias são leite de vaca (não recomendado antes dos 12 meses), ovos, soja, amendoim, nozes e sementes, trigo, peixe, marisco. Confira nosso artigo Apresentando os principais alérgenos alimentares.

Aos 9 meses de idade, seu bebê deve comer alimentos de todos os grupos alimentares e ser capaz de lidar com pequenos pedaços macios de salgadinhos. Confira nosso artigo Apresentando sólidos: primeiros alimentos e avançando texturas. Preste atenção às dicas do seu bebê, divirta-se e deixe seu bebê ditar o ritmo enquanto oferece a ele alimentos saudáveis ​​que contêm nutrientes importantes para definir o padrão de padrões alimentares saudáveis. Se você tiver dúvidas sobre o avanço de texturas, entre em contato com nossa equipe de nutricionistas registradosde graça! Eles estão aqui para ajudar em nosso chat ao vivo gratuito de segunda a sexta, das 8h às 20h (EST) e de sábado a domingo, das 8h às 16h (EST).

Aqui estão algumas dicas importantes de nutrientes para você começar:

As primeiras fontes de alimento são geralmente cereais, frutas amassadas e vegetais. Embora o leite materno ou a fórmula forneça ao seu bebê todos os nutrientes importantes de que ele precisa Neste momento, tenha em mente as seguintes informações sobre alguns nutrientes essenciais, como ferro, proteína, cálcio, DHA, folato e colina, por que eles são importantes e em quais alimentos podem ser encontrados.

  • Ferro é importante para a prevenção da anemia por deficiência de ferro, que pode afetar o crescimento e o desenvolvimento se não for tratada. O ferro é um componente importante dos glóbulos vermelhos e é encontrado com mais frequência em produtos cárneos, embora também possa ser encontrado em alimentos como aveia ou cereais fortificados, purê de feijão e espinafre.
  • Cálcio é importante para a saúde óssea e dentária, coagulação do sangue, mensagens neuronais, hormônios, contração muscular (incluindo o coração!) e outros processos. Boas fontes de cálcio para seu novo comedouro incluem leite materno, fórmula infantil, folhas verdes em purê de iogurte como couve, couve e espinafre, bem como purê de feijão.
  • DHA é fundamental para o crescimento do cérebro e o desenvolvimento saudável. O DHA é uma gordura insaturada ômega 3 que pode ser encontrada em peixes oleosos (salmão, sardinha, truta arco-íris), leite materno (se você incluir alimentos ricos em DHA em sua dieta), fórmulas infantis enriquecidas e outros alimentos enriquecidos.
  • Colina é importante para o funcionamento das células e apoia a saúde do cérebro. Para o seu bebê que está apenas começando o processo de alimentação, purê de couve, espinafre, couve-flor e feijão são boas fontes de colina. Purê de espinafre e couve funcionam melhor quando combinados com alguns outros alimentos (maçãs, aveia, abacate), e então você pode introduzi-los cozidos e picados quando o bebê estiver pronto para avançar as texturas.
  • Proteína é um componente importante de nossa pele, cabelo, unhas, músculos, sangue e ossos. Embora a maioria de nós coma muita proteína, é importante oferecer alimentos ricos em proteínas. O leite materno e a fórmula são fontes de proteína por enquanto, mas para os primeiros alimentos você pode experimentar purê de carne e iogurte de frango com purê de feijão, purê de tofu e quinua. Quando estiver pronto para avançar as texturas, o peixe em flocos cozido suavemente é uma grande fonte de proteína.

Lembre-se, enquanto seu bebê tem menos de 1 ano, o que importa é introduzir uma variedade de sabores e texturas e mantê-lo divertido!


Durante esse tempo, você continuará a fornecer a nutrição e hidratação essenciais necessárias com o leite materno ou fórmula, enquanto também expõe seu bebê a um novo mundo de diversos sabores e nutrientes. Na verdade, este é um dos períodos mais influentes no desenvolvimento do paladar do seu bebê. Seu bebê tentará e aceitará mais prontamente todos os tipos de alimentos nesta idade, por isso é importante oferecer uma variedade de sabores diferentes de refeição em refeição.

O plano de refeições abaixo para bebês de 6 meses, lanche e ideias de receitas irão ajudá-lo a começar a jornada divertida para alimentos sólidos, maximizando o desenvolvimento do paladar do seu bebê através de vários sabores e sabores. Confira nosso artigo Como maximizar o desenvolvimento de um sabor saudável desde os primeiros alimentos até a primeira infância.

Lembre-se de que comer alimentos sólidos nessa idade significa deixar o bebê explorar novos sabores e texturas. O leite materno ou a fórmula ainda continuarão sendo a principal fonte de nutrição do seu bebê durante o primeiro ano, então continue a dar leite materno e / ou fórmula da mesma forma que você fazia antes de começar com os alimentos sólidos.

Dicas profissionais para planos de refeição de bebê de 6 a 9:

Por volta dos 6 meses de idade, oferecer algumas colheres de sopa de comida 1-3 vezes ao dia é suficiente. É importante avançar a textura quando seu bebê estiver confortável. Comece com alimentos finos e puré. Em seguida, passe para alimentos amassados ​​e granulosos, seguidos por alimentos picados finamente. Além disso, introduza um novo alimento com um único ingrediente de cada vez e espere 2 a 3 dias para garantir que seu bebê seja alérgico ou intolerante a esses alimentos. Os alimentos mais frequentemente associados a alergias são leite de vaca (não recomendado antes dos 12 meses), ovos, soja, amendoim, nozes e sementes, trigo, peixe, marisco. Confira nosso artigo Apresentando os principais alérgenos alimentares.

Aos 9 meses de idade, seu bebê deve comer alimentos de todos os grupos alimentares e ser capaz de lidar com pequenos pedaços macios de salgadinhos. Confira nosso artigo Apresentando sólidos: primeiros alimentos e texturas avançadas. Preste atenção às dicas do seu bebê, divirta-se e deixe seu bebê ditar o ritmo enquanto oferece a ele alimentos saudáveis ​​que contêm nutrientes importantes para definir o padrão de padrões alimentares saudáveis. Se você tiver dúvidas sobre o avanço de texturas, entre em contato com nossa equipe de nutricionistas registradosde graça! Eles estão aqui para ajudar em nosso chat gratuito ao vivo de segunda a sexta, das 8h às 20h (EST) e de sábado a domingo, das 8h às 16h (EST).

Aqui estão algumas dicas importantes de nutrientes para você começar:

As primeiras fontes de alimento são geralmente cereais, frutas amassadas e vegetais. Embora o leite materno ou a fórmula forneça ao seu bebê todos os nutrientes importantes de que ele precisa Neste momento, tenha em mente as seguintes informações sobre alguns nutrientes essenciais, como ferro, proteína, cálcio, DHA, folato e colina, por que eles são importantes e em quais alimentos podem ser encontrados.

  • Ferro é importante para a prevenção da anemia por deficiência de ferro, que pode afetar o crescimento e o desenvolvimento se não for tratada. O ferro é um componente importante dos glóbulos vermelhos e é encontrado com mais frequência em produtos cárneos, embora também possa ser encontrado em alimentos como aveia ou cereais fortificados, purê de feijão e espinafre.
  • Cálcio é importante para a saúde óssea e dentária, coagulação do sangue, mensagens neuronais, hormônios, contração muscular (incluindo o coração!) e outros processos. Boas fontes de cálcio para o seu novo comedouro incluem leite materno, fórmula infantil, folhas verdes em purê de iogurte como couve, couve e espinafre, bem como purê de feijão.
  • DHA é fundamental para o crescimento do cérebro e o desenvolvimento saudável. O DHA é uma gordura insaturada ômega 3 que pode ser encontrada em peixes oleosos (salmão, sardinha, truta arco-íris), leite materno (se você incluir alimentos ricos em DHA em sua dieta), fórmulas infantis enriquecidas e outros alimentos enriquecidos.
  • Colina é importante para o funcionamento das células e apoia a saúde do cérebro. Para o seu bebê que está apenas começando o processo de alimentação, purê de couve, espinafre, couve-flor e feijão são boas fontes de colina. Purê de espinafre e couve funcionam melhor quando combinados com alguns outros alimentos (maçãs, aveia, abacate), e então você pode introduzi-los cozidos e picados quando o bebê estiver pronto para avançar as texturas.
  • Proteína é um componente importante de nossa pele, cabelo, unhas, músculos, sangue e ossos. Embora a maioria de nós coma muita proteína, é importante oferecer alimentos ricos em proteínas. O leite materno e a fórmula são fontes de proteína por enquanto, mas para os primeiros alimentos você pode experimentar purê de carne e iogurte de frango com purê de feijão, purê de tofu e quinua. Quando estiver pronto para avançar as texturas, o peixe em flocos cozido suavemente é uma grande fonte de proteína.

Lembre-se, enquanto seu bebê tem menos de 1 ano, tudo se resume a introduzir uma variedade de sabores e texturas e mantê-lo divertido!


Durante esse tempo, você continuará a fornecer a nutrição e hidratação essenciais necessárias com o leite materno ou fórmula, enquanto também expõe seu bebê a um novo mundo de diversos sabores e nutrientes. Na verdade, este é um dos períodos mais influentes no desenvolvimento do paladar do seu bebê. Seu bebê vai tentar aceitar mais facilmente todos os tipos de alimentos nesta idade, por isso é importante oferecer uma variedade de sabores diferentes de refeição em refeição.

O plano de refeições abaixo para bebês de 6 meses, lanches e idéias de receitas irão ajudá-lo a começar a jornada divertida para alimentos sólidos, maximizando o desenvolvimento do paladar do seu bebê através de vários sabores e sabores. Confira nosso artigo Como maximizar o desenvolvimento de sabor saudável desde os primeiros alimentos até a primeira infância.

Lembre-se de que comer alimentos sólidos nessa idade significa deixar o bebê explorar novos sabores e texturas. O leite materno ou a fórmula ainda permanecerão a principal fonte de nutrição do seu bebê durante o primeiro ano, então continue a dar leite materno e / ou fórmula da mesma forma que você fazia antes de começar com os alimentos sólidos.

Dicas profissionais para planos de refeição de bebê de 6 a 9:

Por volta dos 6 meses de idade, oferecer algumas colheres de sopa de comida 1-3 vezes ao dia é suficiente. É importante avançar a textura quando seu bebê estiver confortável. Comece com alimentos finos e puré. Em seguida, passe para alimentos amassados ​​e granulosos, seguidos por alimentos picados finamente. Além disso, introduza um novo alimento com um único ingrediente de cada vez e espere 2 a 3 dias para garantir que seu bebê seja alérgico ou intolerante a esses alimentos. Os alimentos mais frequentemente associados a alergias são leite de vaca (não recomendado antes dos 12 meses), ovos, soja, amendoim, nozes e sementes, trigo, peixe, marisco. Confira nosso artigo Apresentando os principais alérgenos alimentares.

Aos 9 meses de idade, seu bebê deve comer alimentos de todos os grupos alimentares e ser capaz de lidar com pequenos pedaços macios de salgadinhos. Confira nosso artigo Apresentando sólidos: primeiros alimentos e texturas avançadas. Preste atenção às dicas do seu bebê, divirta-se e deixe seu bebê ditar o ritmo enquanto oferece a ele alimentos saudáveis ​​que contêm nutrientes importantes para definir o padrão de padrões alimentares saudáveis. Se você tiver dúvidas sobre o avanço de texturas, entre em contato com nossa equipe de nutricionistas registradosde graça! Eles estão aqui para ajudar em nosso chat ao vivo gratuito de segunda a sexta, das 8h às 20h (EST) e de sábado a domingo, das 8h às 16h (EST).

Aqui estão algumas dicas importantes de nutrientes para você começar:

As primeiras fontes de alimento são geralmente cereais, frutas amassadas e vegetais. Embora o leite materno ou a fórmula forneça ao seu bebê todos os nutrientes importantes de que ele precisa Neste momento, tenha em mente as seguintes informações sobre alguns nutrientes essenciais, como ferro, proteína, cálcio, DHA, folato e colina, por que eles são importantes e em quais alimentos podem ser encontrados.

  • Ferro é importante para a prevenção da anemia por deficiência de ferro, que pode afetar o crescimento e o desenvolvimento se não for tratada. O ferro é um componente importante dos glóbulos vermelhos e é encontrado com mais frequência em produtos cárneos, embora também possa ser encontrado em alimentos como aveia ou cereais fortificados, purê de feijão e espinafre.
  • Cálcio é importante para a saúde óssea e dentária, coagulação do sangue, mensagens neuronais, hormônios, contração muscular (incluindo o coração!) e outros processos. Boas fontes de cálcio para o seu novo comedouro incluem leite materno, fórmula infantil, folhas verdes em purê de iogurte como couve, couve e espinafre, bem como purê de feijão.
  • DHA é fundamental para o crescimento do cérebro e o desenvolvimento saudável. O DHA é uma gordura insaturada ômega 3 que pode ser encontrada em peixes oleosos (salmão, sardinha, truta arco-íris), leite materno (se você incluir alimentos ricos em DHA em sua dieta), fórmulas infantis enriquecidas e outros alimentos enriquecidos.
  • Colina é importante para o funcionamento das células e apoia a saúde do cérebro. Para o seu bebê que está apenas começando o processo de alimentação, purê de couve, espinafre, couve-flor e feijão são boas fontes de colina. Purê de espinafre e couve funcionam melhor quando combinados com alguns outros alimentos (maçãs, aveia, abacate), e então você pode introduzi-los cozidos e picados quando o bebê estiver pronto para avançar as texturas.
  • Proteína é um componente importante de nossa pele, cabelo, unhas, músculos, sangue e ossos. Embora a maioria de nós coma muita proteína, é importante oferecer alimentos ricos em proteínas. O leite materno e a fórmula são fontes de proteína por enquanto, mas para os primeiros alimentos você pode experimentar purê de carne e iogurte de frango com purê de feijão, purê de tofu e quinua. Quando pronto para avançar as texturas, o peixe escamoso cozido suavemente é uma grande fonte de proteína.

Lembre-se, enquanto seu bebê tem menos de 1 ano, o que importa é introduzir uma variedade de sabores e texturas e mantê-lo divertido!


Durante esse tempo, você continuará a fornecer a nutrição e hidratação essenciais necessárias com o leite materno ou fórmula, enquanto também expõe seu bebê a um novo mundo de diversos sabores e nutrientes. Na verdade, este é um dos períodos mais influentes no desenvolvimento do paladar do seu bebê. Seu bebê tentará e aceitará mais prontamente todos os tipos de alimentos nesta idade, por isso é importante oferecer uma variedade de sabores diferentes de refeição em refeição.

O plano de refeições abaixo para bebês de 6 meses, lanche e ideias de receitas irão ajudá-lo a começar a jornada divertida para alimentos sólidos, maximizando o desenvolvimento do paladar do seu bebê através de vários sabores e sabores. Confira nosso artigo Como maximizar o desenvolvimento de sabor saudável desde os primeiros alimentos até a primeira infância.

Lembre-se de que comer alimentos sólidos nessa idade é principalmente permitir que seu bebê explore novos sabores e texturas. O leite materno ou a fórmula ainda continuarão sendo a principal fonte de nutrição do seu bebê durante o primeiro ano, então continue a dar leite materno e / ou fórmula da mesma forma que você fazia antes de começar com os alimentos sólidos.

Dicas profissionais para planos de refeição de bebê de 6 a 9:

Por volta dos 6 meses de idade, oferecer algumas colheres de sopa de comida 1-3 vezes ao dia é suficiente. É importante avançar a textura quando seu bebê estiver confortável. Comece com alimentos finos e puré. Em seguida, passe para alimentos amassados ​​e granulosos, seguidos por alimentos picados finamente. Além disso, introduza um novo alimento com um único ingrediente de cada vez e espere 2 a 3 dias para garantir que seu bebê seja alérgico ou intolerante a esses alimentos. Os alimentos mais frequentemente associados a alergias são leite de vaca (não recomendado antes dos 12 meses), ovos, soja, amendoim, nozes e sementes, trigo, peixe, marisco. Confira nosso artigo Apresentando os principais alérgenos alimentares.

Aos 9 meses de idade, seu bebê deve comer alimentos de todos os grupos alimentares e ser capaz de lidar com pequenos pedaços macios de salgadinhos. Confira nosso artigo Apresentando sólidos: primeiros alimentos e texturas avançadas. Preste atenção às dicas do seu bebê, divirta-se e deixe seu bebê ditar o ritmo enquanto oferece a ele alimentos saudáveis ​​que contêm nutrientes importantes para definir o padrão de padrões alimentares saudáveis. Se você tiver dúvidas sobre o avanço de texturas, entre em contato com nossa equipe de nutricionistas registradosde graça! Eles estão aqui para ajudar em nosso chat gratuito ao vivo de segunda a sexta, das 8h às 20h (EST) e de sábado a domingo, das 8h às 16h (EST).

Aqui estão algumas dicas importantes de nutrientes para você começar:

As primeiras fontes de alimento são geralmente cereais, frutas amassadas e vegetais. Embora o leite materno ou a fórmula forneça ao seu bebê todos os nutrientes importantes de que ele precisa Neste momento, tenha em mente as seguintes informações sobre alguns nutrientes essenciais, como ferro, proteína, cálcio, DHA, folato e colina, por que eles são importantes e em quais alimentos podem ser encontrados.

  • Ferro é importante para a prevenção da anemia por deficiência de ferro, que pode afetar o crescimento e o desenvolvimento se não for tratada. O ferro é um componente importante dos glóbulos vermelhos e é encontrado com mais frequência em produtos cárneos, embora também possa ser encontrado em alimentos como aveia ou cereais fortificados, purê de feijão e espinafre.
  • Cálcio é importante para a saúde óssea e dentária, coagulação do sangue, mensagens neuronais, hormônios, contração muscular (incluindo o coração!) e outros processos. Boas fontes de cálcio para seu novo comedouro incluem leite materno, fórmula infantil, folhas verdes em purê de iogurte como couve, couve e espinafre, bem como purê de feijão.
  • DHA é fundamental para o crescimento do cérebro e o desenvolvimento saudável. O DHA é uma gordura insaturada ômega 3 que pode ser encontrada em peixes oleosos (salmão, sardinha, truta arco-íris), leite materno (se você incluir alimentos ricos em DHA em sua dieta), fórmulas infantis enriquecidas e outros alimentos enriquecidos.
  • Colina é importante para o funcionamento das células e apoia a saúde do cérebro. Para o seu bebê que está apenas começando o processo de alimentação, purê de couve, espinafre, couve-flor e feijão são boas fontes de colina. Purê de espinafre e couve funcionam melhor quando combinados com alguns outros alimentos (maçãs, aveia, abacate), e então você pode introduzi-los cozidos e picados quando o bebê estiver pronto para avançar as texturas.
  • Proteína é um componente importante de nossa pele, cabelo, unhas, músculos, sangue e ossos. Embora a maioria de nós coma muita proteína, é importante oferecer alimentos ricos em proteínas. Breast milk and formula are sources of protein for now, but for first foods you can try pureed meat and poultry yogurt pureed beans, pureed tofu, and quinoa. When ready to advance textures, softly cooked flaky fish is a great protein source.

Remember, while your baby is under 1 year it’s all about introducing a variety of flavors and textures and keeping it fun!


During this time, you will continue to provide the essential nutrition and hydration needed from breast milk or formula, while also exposing your baby to a new world of diverse flavors and nutrients. In fact, this is one of the most influential periods in your baby’s taste development. Your baby will most readily try and accept all kinds of foods at this age so it’s important to offer a variety of different flavors from meal to meal.

The below meal plan for 6 month old baby, snack and recipe ideas will help you as you begin the fun journey into solid foods, while maximizing your baby’s taste development through varying tastes and flavors. Check out our How to maximize healthy taste development from first foods through toddlerhood article.

Remember, eating solids at this age is mostly about letting your baby explore new flavors and textures. Breast milk or formula will still remain your baby’s primary nutrition source for the first year, so continue to give breast milk and/or formula just as you were before starting solids.

Pro tips for 6-9 baby meal plans:

At around 6 months old, offering a few tablespoons of food a 1-3 times a day is sufficient. It’s important to advance texture once your baby is comfortable. Start with thin, pureed foods. Next, move to lumpy, mashed foods, followed by finely chopped foods. Also, introduce one single-ingredient new food at a time, allow 2-3 days to make sure your baby allergic or intolerant to these foods. Foods most often associated with allergies are cow’s milk (not recommended before 12 months), eggs, soy, peanuts, tree nuts and seeds, wheat, fish, shellfish. Check out our Introducing major food allergens article.

By 9 months of age, your baby should be eating foods from all food groups and be able to handle small soft pieces of finger foods. Check out our Introducing Solids: First foods and advancing textures article. Pay attention to your baby’s cues, have fun and let your baby set the pace while offering your baby healthy foods that contain important nutrients to set the standard for healthy eating patterns. If you have questions about advancing textures, reach out to our team of registered dietitiansde graça! They are here to help on our free live chat from Mon-Fri, 8am-8pm (EST )and Sat-Sun, 8am-4pm (EST).

Here are a few important nutrient tips as you get started:

First food sources are often cereal, mashed fruits and veggies. While breastmilk or formula is providing your baby with all the important nutrients they need Neste momento, keep in mind the following info on some key nutrients such as iron, protein, calcium, DHA, folate and choline why they are important and in what foods they can be found.

  • Ferro is important for prevention of iron-deficiency anemia, which can affect growth and development if left untreated. Iron is an important component of red blood cells and is found most often in meat products, although it can also be found in foods like oatmeal, or fortified cereal, pureed beans, and spinach.
  • Cálcio is important for bone and tooth health, blood clotting, neuron messaging, hormones, muscle contraction (including the heart!) and other processes. Good sources of calcium for your new feeder include breast milk, infant formula, yogurt pureed leafy greens like kale, collard, and spinach, as well as pureed beans.
  • DHA is critical for brain growth and healthy development. DHA is an unsaturated omega 3 fat that can be found in oily fish (salmon, sardines, rainbow trout), Breast milk ( if you include DHA rich foods in your diet), enriched infant formulas and other enriched foods.
  • Colina is important for cell function and supports brain health.. For your baby who is just starting the feeding process, pureed collards, spinach, cauliflower and beans are good sources of choline. Pureed spinach and collards work best when combined with some other foods (apples, oats, avocados), and then you can introduce them softly cooked and chopped when the baby is ready to advance textures.
  • Proteína is an important component of our skin, hair, nails, muscles, blood, and bones. While most of us eat plenty of protein, it is important to offer protein rich foods. Breast milk and formula are sources of protein for now, but for first foods you can try pureed meat and poultry yogurt pureed beans, pureed tofu, and quinoa. When ready to advance textures, softly cooked flaky fish is a great protein source.

Remember, while your baby is under 1 year it’s all about introducing a variety of flavors and textures and keeping it fun!


During this time, you will continue to provide the essential nutrition and hydration needed from breast milk or formula, while also exposing your baby to a new world of diverse flavors and nutrients. In fact, this is one of the most influential periods in your baby’s taste development. Your baby will most readily try and accept all kinds of foods at this age so it’s important to offer a variety of different flavors from meal to meal.

The below meal plan for 6 month old baby, snack and recipe ideas will help you as you begin the fun journey into solid foods, while maximizing your baby’s taste development through varying tastes and flavors. Check out our How to maximize healthy taste development from first foods through toddlerhood article.

Remember, eating solids at this age is mostly about letting your baby explore new flavors and textures. Breast milk or formula will still remain your baby’s primary nutrition source for the first year, so continue to give breast milk and/or formula just as you were before starting solids.

Pro tips for 6-9 baby meal plans:

At around 6 months old, offering a few tablespoons of food a 1-3 times a day is sufficient. It’s important to advance texture once your baby is comfortable. Start with thin, pureed foods. Next, move to lumpy, mashed foods, followed by finely chopped foods. Also, introduce one single-ingredient new food at a time, allow 2-3 days to make sure your baby allergic or intolerant to these foods. Foods most often associated with allergies are cow’s milk (not recommended before 12 months), eggs, soy, peanuts, tree nuts and seeds, wheat, fish, shellfish. Check out our Introducing major food allergens article.

By 9 months of age, your baby should be eating foods from all food groups and be able to handle small soft pieces of finger foods. Check out our Introducing Solids: First foods and advancing textures article. Pay attention to your baby’s cues, have fun and let your baby set the pace while offering your baby healthy foods that contain important nutrients to set the standard for healthy eating patterns. If you have questions about advancing textures, reach out to our team of registered dietitiansde graça! They are here to help on our free live chat from Mon-Fri, 8am-8pm (EST )and Sat-Sun, 8am-4pm (EST).

Here are a few important nutrient tips as you get started:

First food sources are often cereal, mashed fruits and veggies. While breastmilk or formula is providing your baby with all the important nutrients they need Neste momento, keep in mind the following info on some key nutrients such as iron, protein, calcium, DHA, folate and choline why they are important and in what foods they can be found.

  • Ferro is important for prevention of iron-deficiency anemia, which can affect growth and development if left untreated. Iron is an important component of red blood cells and is found most often in meat products, although it can also be found in foods like oatmeal, or fortified cereal, pureed beans, and spinach.
  • Cálcio is important for bone and tooth health, blood clotting, neuron messaging, hormones, muscle contraction (including the heart!) and other processes. Good sources of calcium for your new feeder include breast milk, infant formula, yogurt pureed leafy greens like kale, collard, and spinach, as well as pureed beans.
  • DHA is critical for brain growth and healthy development. DHA is an unsaturated omega 3 fat that can be found in oily fish (salmon, sardines, rainbow trout), Breast milk ( if you include DHA rich foods in your diet), enriched infant formulas and other enriched foods.
  • Colina is important for cell function and supports brain health.. For your baby who is just starting the feeding process, pureed collards, spinach, cauliflower and beans are good sources of choline. Pureed spinach and collards work best when combined with some other foods (apples, oats, avocados), and then you can introduce them softly cooked and chopped when the baby is ready to advance textures.
  • Proteína is an important component of our skin, hair, nails, muscles, blood, and bones. While most of us eat plenty of protein, it is important to offer protein rich foods. Breast milk and formula are sources of protein for now, but for first foods you can try pureed meat and poultry yogurt pureed beans, pureed tofu, and quinoa. When ready to advance textures, softly cooked flaky fish is a great protein source.

Remember, while your baby is under 1 year it’s all about introducing a variety of flavors and textures and keeping it fun!


During this time, you will continue to provide the essential nutrition and hydration needed from breast milk or formula, while also exposing your baby to a new world of diverse flavors and nutrients. In fact, this is one of the most influential periods in your baby’s taste development. Your baby will most readily try and accept all kinds of foods at this age so it’s important to offer a variety of different flavors from meal to meal.

The below meal plan for 6 month old baby, snack and recipe ideas will help you as you begin the fun journey into solid foods, while maximizing your baby’s taste development through varying tastes and flavors. Check out our How to maximize healthy taste development from first foods through toddlerhood article.

Remember, eating solids at this age is mostly about letting your baby explore new flavors and textures. Breast milk or formula will still remain your baby’s primary nutrition source for the first year, so continue to give breast milk and/or formula just as you were before starting solids.

Pro tips for 6-9 baby meal plans:

At around 6 months old, offering a few tablespoons of food a 1-3 times a day is sufficient. It’s important to advance texture once your baby is comfortable. Start with thin, pureed foods. Next, move to lumpy, mashed foods, followed by finely chopped foods. Also, introduce one single-ingredient new food at a time, allow 2-3 days to make sure your baby allergic or intolerant to these foods. Foods most often associated with allergies are cow’s milk (not recommended before 12 months), eggs, soy, peanuts, tree nuts and seeds, wheat, fish, shellfish. Check out our Introducing major food allergens article.

By 9 months of age, your baby should be eating foods from all food groups and be able to handle small soft pieces of finger foods. Check out our Introducing Solids: First foods and advancing textures article. Pay attention to your baby’s cues, have fun and let your baby set the pace while offering your baby healthy foods that contain important nutrients to set the standard for healthy eating patterns. If you have questions about advancing textures, reach out to our team of registered dietitiansde graça! They are here to help on our free live chat from Mon-Fri, 8am-8pm (EST )and Sat-Sun, 8am-4pm (EST).

Here are a few important nutrient tips as you get started:

First food sources are often cereal, mashed fruits and veggies. While breastmilk or formula is providing your baby with all the important nutrients they need Neste momento, keep in mind the following info on some key nutrients such as iron, protein, calcium, DHA, folate and choline why they are important and in what foods they can be found.

  • Ferro is important for prevention of iron-deficiency anemia, which can affect growth and development if left untreated. Iron is an important component of red blood cells and is found most often in meat products, although it can also be found in foods like oatmeal, or fortified cereal, pureed beans, and spinach.
  • Cálcio is important for bone and tooth health, blood clotting, neuron messaging, hormones, muscle contraction (including the heart!) and other processes. Good sources of calcium for your new feeder include breast milk, infant formula, yogurt pureed leafy greens like kale, collard, and spinach, as well as pureed beans.
  • DHA is critical for brain growth and healthy development. DHA is an unsaturated omega 3 fat that can be found in oily fish (salmon, sardines, rainbow trout), Breast milk ( if you include DHA rich foods in your diet), enriched infant formulas and other enriched foods.
  • Colina is important for cell function and supports brain health.. For your baby who is just starting the feeding process, pureed collards, spinach, cauliflower and beans are good sources of choline. Pureed spinach and collards work best when combined with some other foods (apples, oats, avocados), and then you can introduce them softly cooked and chopped when the baby is ready to advance textures.
  • Proteína is an important component of our skin, hair, nails, muscles, blood, and bones. While most of us eat plenty of protein, it is important to offer protein rich foods. Breast milk and formula are sources of protein for now, but for first foods you can try pureed meat and poultry yogurt pureed beans, pureed tofu, and quinoa. When ready to advance textures, softly cooked flaky fish is a great protein source.

Remember, while your baby is under 1 year it’s all about introducing a variety of flavors and textures and keeping it fun!


During this time, you will continue to provide the essential nutrition and hydration needed from breast milk or formula, while also exposing your baby to a new world of diverse flavors and nutrients. In fact, this is one of the most influential periods in your baby’s taste development. Your baby will most readily try and accept all kinds of foods at this age so it’s important to offer a variety of different flavors from meal to meal.

The below meal plan for 6 month old baby, snack and recipe ideas will help you as you begin the fun journey into solid foods, while maximizing your baby’s taste development through varying tastes and flavors. Check out our How to maximize healthy taste development from first foods through toddlerhood article.

Remember, eating solids at this age is mostly about letting your baby explore new flavors and textures. Breast milk or formula will still remain your baby’s primary nutrition source for the first year, so continue to give breast milk and/or formula just as you were before starting solids.

Pro tips for 6-9 baby meal plans:

At around 6 months old, offering a few tablespoons of food a 1-3 times a day is sufficient. It’s important to advance texture once your baby is comfortable. Start with thin, pureed foods. Next, move to lumpy, mashed foods, followed by finely chopped foods. Also, introduce one single-ingredient new food at a time, allow 2-3 days to make sure your baby allergic or intolerant to these foods. Foods most often associated with allergies are cow’s milk (not recommended before 12 months), eggs, soy, peanuts, tree nuts and seeds, wheat, fish, shellfish. Check out our Introducing major food allergens article.

By 9 months of age, your baby should be eating foods from all food groups and be able to handle small soft pieces of finger foods. Check out our Introducing Solids: First foods and advancing textures article. Pay attention to your baby’s cues, have fun and let your baby set the pace while offering your baby healthy foods that contain important nutrients to set the standard for healthy eating patterns. If you have questions about advancing textures, reach out to our team of registered dietitiansde graça! They are here to help on our free live chat from Mon-Fri, 8am-8pm (EST )and Sat-Sun, 8am-4pm (EST).

Here are a few important nutrient tips as you get started:

First food sources are often cereal, mashed fruits and veggies. While breastmilk or formula is providing your baby with all the important nutrients they need Neste momento, keep in mind the following info on some key nutrients such as iron, protein, calcium, DHA, folate and choline why they are important and in what foods they can be found.

  • Ferro is important for prevention of iron-deficiency anemia, which can affect growth and development if left untreated. Iron is an important component of red blood cells and is found most often in meat products, although it can also be found in foods like oatmeal, or fortified cereal, pureed beans, and spinach.
  • Cálcio is important for bone and tooth health, blood clotting, neuron messaging, hormones, muscle contraction (including the heart!) and other processes. Good sources of calcium for your new feeder include breast milk, infant formula, yogurt pureed leafy greens like kale, collard, and spinach, as well as pureed beans.
  • DHA is critical for brain growth and healthy development. DHA is an unsaturated omega 3 fat that can be found in oily fish (salmon, sardines, rainbow trout), Breast milk ( if you include DHA rich foods in your diet), enriched infant formulas and other enriched foods.
  • Colina is important for cell function and supports brain health.. For your baby who is just starting the feeding process, pureed collards, spinach, cauliflower and beans are good sources of choline. Pureed spinach and collards work best when combined with some other foods (apples, oats, avocados), and then you can introduce them softly cooked and chopped when the baby is ready to advance textures.
  • Proteína is an important component of our skin, hair, nails, muscles, blood, and bones. While most of us eat plenty of protein, it is important to offer protein rich foods. Breast milk and formula are sources of protein for now, but for first foods you can try pureed meat and poultry yogurt pureed beans, pureed tofu, and quinoa. When ready to advance textures, softly cooked flaky fish is a great protein source.

Remember, while your baby is under 1 year it’s all about introducing a variety of flavors and textures and keeping it fun!


Assista o vídeo: 10 RAREEST DOG BREEDS IN THE WORLD (Janeiro 2022).